Moro condena Mariano Marcondes Ferraz a dez anos de cadeia

Juiz Sergio Moro condenou o empresário Mariano Marcondes Ferraz, ex-marido da atriz Luiza Valdetaro, a dez anos e quatro meses de cadeia por lavagem de dinheiro e corrupção ativa; Mariano também terá de devolver 868 mil dólares, ou R$ 2,8 milhões de reais, à Petrobras; montante foi usado em pagamento de propina ao ex-diretor Paulo Roberto Costa em troca de benefícios para sua empresa; Mariano Marcondes Ferraz é filho da socialite Regina Marcondes Ferraz e membro de uma das famílias mais tradicionais do Rio de Janeiro

Juiz Sergio Moro condenou o empresário Mariano Marcondes Ferraz, ex-marido da atriz Luiza Valdetaro, a dez anos e quatro meses de cadeia por lavagem de dinheiro e corrupção ativa; Mariano também terá de devolver 868 mil dólares, ou R$ 2,8 milhões de reais, à Petrobras; montante foi usado em pagamento de propina ao ex-diretor Paulo Roberto Costa em troca de benefícios para sua empresa; Mariano Marcondes Ferraz é filho da socialite Regina Marcondes Ferraz e membro de uma das famílias mais tradicionais do Rio de Janeiro
Juiz Sergio Moro condenou o empresário Mariano Marcondes Ferraz, ex-marido da atriz Luiza Valdetaro, a dez anos e quatro meses de cadeia por lavagem de dinheiro e corrupção ativa; Mariano também terá de devolver 868 mil dólares, ou R$ 2,8 milhões de reais, à Petrobras; montante foi usado em pagamento de propina ao ex-diretor Paulo Roberto Costa em troca de benefícios para sua empresa; Mariano Marcondes Ferraz é filho da socialite Regina Marcondes Ferraz e membro de uma das famílias mais tradicionais do Rio de Janeiro (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - O juiz federal Sergio Moro condenou o empresário Mariano Marcondes Ferraz, ex-marido da atriz Luiza Valdetaro, a dez anos e quatro meses de cadeia por lavagem de dinheiro e corrupção ativa.

Segundo coluna Radar, a pena deverá ser iniciada em regime fechado, mas Moro permitiu que Mariano aguarde pela apelação fora da prisão. Mariano também terá de devolver 868 mil dólares, ou R$ 2,8 milhões de reais, à Petrobras. O montante foi usado em pagamento de propina ao ex-diretor Paulo Roberto Costa em troca de benefícios para sua empresa.

Segundo Moro, "o condenado apenas admitiu os fatos da imputação, aliás provados documentalmente, sem propiciar elementos probatórios relativos a outros crimes ou de forma a contribuir com a revelação de outros fatos criminosos".

Mariano Marcondes Ferraz é filho da socialite Regina Marcondes Ferraz e membro de uma das famílias mais tradicionais do Rio de Janeiro.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247