Moro determina soltura de irmão de Dirceu

Ministério Público Federal havia pedido a conversão da prisão temporária de Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, preso na 17ª fase da operação Lava Jato, para prisão preventiva; pedido foi negado pelo juiz responsável pelos processos da investigação, Sérgio Moro, que determinou a soltura do irmão do ex-ministro José Dirceu

Ministério Público Federal havia pedido a conversão da prisão temporária de Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, preso na 17ª fase da operação Lava Jato, para prisão preventiva; pedido foi negado pelo juiz responsável pelos processos da investigação, Sérgio Moro, que determinou a soltura do irmão do ex-ministro José Dirceu
Ministério Público Federal havia pedido a conversão da prisão temporária de Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, preso na 17ª fase da operação Lava Jato, para prisão preventiva; pedido foi negado pelo juiz responsável pelos processos da investigação, Sérgio Moro, que determinou a soltura do irmão do ex-ministro José Dirceu (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos de primeira instância da Lava Jato, determinou nesta quarta-feira 12 a soltura de Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, preso na 17ª fase da operação.

O Ministério Público Federal (MPF) havia pedido a conversão de sua prisão temporária, cujo prazo vencia hoje, para prisão preventiva - que não tem prazo para se encerrar. O pedido foi negado por Moro.

No despacho em que explica a decisão, Moro argumentou que é preciso limitar as prisões preventivas aos principais envolvidos nas investigações, em vista da presunção de inocência.

"Nesse contexto, para evitar a prodigalização da preventiva, não entendo que é o caso de decretar a medida em relação aos três presos temporários remanescentes", disse.

Luiz Eduardo é irmão do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, que foi preso no mesmo dia pela Operação Lava Jato.

O MPF disse não considerar mais necessária a continuidade das prisões de Pablo Alejandro Kipersmit e do ex-assessor de Dirceu, Roberto Marques. O prazo das prisões temporárias de todos eles terminam nesta quarta-feira.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email