Moro insinua que irá punir Lula, “o príncipe”

Juiz Sérgio Moro voltou a emitir sinais de que pode prender o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lidera a preferência da maioria do eleitor brasileiro para retornar à presidência da República em 2018; segundo o colunista Lauro Jardim, um interlocutor conversava com Moro e argumentou que o ex-presidente não seria nunca preso, pois o "Brasil ficaria em chamas"; "Numa democracia pressupõe-se que o príncipe também se submeta às leis", disse Moro, segundo o colunista 

Juiz Sérgio Moro voltou a emitir sinais de que pode prender o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lidera a preferência da maioria do eleitor brasileiro para retornar à presidência da República em 2018; segundo o colunista Lauro Jardim, um interlocutor conversava com Moro e argumentou que o ex-presidente não seria nunca preso, pois o "Brasil ficaria em chamas"; "Numa democracia pressupõe-se que o príncipe também se submeta às leis", disse Moro, segundo o colunista 
Juiz Sérgio Moro voltou a emitir sinais de que pode prender o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lidera a preferência da maioria do eleitor brasileiro para retornar à presidência da República em 2018; segundo o colunista Lauro Jardim, um interlocutor conversava com Moro e argumentou que o ex-presidente não seria nunca preso, pois o "Brasil ficaria em chamas"; "Numa democracia pressupõe-se que o príncipe também se submeta às leis", disse Moro, segundo o colunista  (Foto: Aquiles Lins)

Paraná 247 - O juiz Sérgio Moro voltou a emitir sinais de que pode prender o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lidera a preferência da maioria do eleitor brasileiro para retornar à presidência da República em 2018.

É o que informa o colunista Lauro Jardim, do Globo, neste domingo, 5. Leia a nota:

'O Lula vai ser preso?' Moro responde

"O Lula vai ser preso?" No fim do ano, um interlocutor conversava com Sérgio Moro e argumentou que o ex-presidente não seria nunca preso, pois o Brasil ficaria em chamas.

Moro não respondeu diretamente. Nem sim, nem não. Mas pontuou com uma frase sugestiva:

— Numa democracia pressupõe-se que o príncipe também se submeta às leis.

E mais não disse.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247