"Não pode parecer prêmio pela condenação do Lula", disse Deltan, sobre delação fabricada

Intercept revela que o procurador Deltan Dallagnol tentou manter as aparências, depois que o empresário Léo Pinheiro, da OAS, mudou sua versão várias vezes para entregar um depoimento contra o ex-presidente Lula

Dallagnol parece corromper a Justiça pregada por Jesus Cristo
Dallagnol parece corromper a Justiça pregada por Jesus Cristo

247 – A reportagem da Folha deste domingo, em parceria com o Intercept, revela que o procurador Deltan Dallagnol tentou manter as aparências, depois que o empresário Léo Pinheiro, da OAS, mudou sua versão várias vezes para entregar um depoimento contra o ex-presidente Lula.

Confira, abaixo, um trecho da reportagem:

Para Deltan, havia também o risco de um acordo com Léo Pinheiro, com redução de pena e outros benefícios em troca de sua cooperação, ser interpretado como concessão indevida. "Não pode parecer um prêmio pela condenação do Lula", disse o chefe da força-tarefa aos colegas em julho.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247