Paim: o povo não sabe o que estão fazendo com a Previdência. Por isso o governo tem pressa

Senador Paulo Paim (PT-RS) falou à TV 247 sobre o desmonte da Previdência Social. Segundo ele, 90% da população brasileira não tem conhecimento da reforma previdenciária e 85% dos parlamentares também não a conhecem. “A população brasileira não percebeu ainda, por isso eles estão correndo para aprovar tudo até outubro”, alertou. Assista

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador Paulo Paim (PT-RS) conversou com a TV 247 sobre o avanço da proposta de Reforma da Previdência no Congresso e falou sobre o desmonte do sistema. Em relação ao prejuízo da reforma, ele disse que nunca viu nada semelhante. O parlamentar alertou que 90% dos brasileiros não conhecem o plano e que 85% dos parlamentares também não têm conhecimento do texto.

“90% dos brasileiros, eu diria, não sabem o que estão fazendo aqui no Congresso Nacional. E digo mais: no mínimo 85% dos parlamentares não conhecem a reforma. Eu falo todo dia na tribuna e vejo eles revirarem os olhos. A população brasileira não percebeu ainda, por isso eles estão correndo para aprovar tudo até outubro”.

Senador desde 2003, Paim disse que nunca viu uma reforma como a que está sendo feita em termos de prejuízo para a população. “Eu vi todas as reformas que se possa imaginar, eu nunca vi nada nem semelhante a isso. O sistema é de seguridade, eu fiz um seguro e, se eu faço um seguro, eu posso não me acidentar a vida toda ou posso me acidentar. Agora não, se eu me acidentar com 15 ou 20 anos eu perco praticamente a metade do salário”.

Inscreva-se na TV 247 e assista à entrevista na íntegra:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email