PCdoB e PT lançam Manuela D’Ávila e Miguel Rosseto para a Prefeitura de Porto Alegre

"Estamos com a convicção de que vamos vencer", disse Manuela D'Ávila durante convenção ato virtual realizada neste sábado, que encabeça chapa de aliança com PT

(Foto: Reprodução YouTube)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fórum - O PCdoB e o PT lançaram oficialmente neste sábado (12) a chapa formada pela ex-deputada federal Manuela D’Ávila (PCdoB) como candidata à prefeita e pelo ex-ministro Miguel Rossetto (PT) como candidato à vice. O lançamento ocorreu em um live em que a dupla conversou com moradores de diversas regiões da capital gaúcha, movimentos sociais, representantes de profissionais da educação, líderes sindicais, artistas e intelectuais.

“Hoje pela manhã nossos partidos se reuniram e formalizam a fórmula da nossa chapa. Nesse processo de debate, de construção da pré-candidatura, antes da convenção, nós nos reunimos com mais de 7 mil pessoas. Eu e Miguel, durante semanas, meses, tínhamos encontros fixos com territórios, bairros, regiões e com uma turma que se organiza a partir de causas e foi assim que formulamos nosso programa de governo”, disse a candidata na abertura do ato virtual.

D’Ávila defendeu a construção de “uma Porto Alegre realmente alegre” e destacou que “a derrota do projeto autoritário de Bolsonaro começa com a construção de cidades mais justas, solidárias e democráticas”. “Estamos com a convicção que vamos vencer”, completou.

A candidata do PCdoB ainda fez um aceno a outras forças progressistas que não aderiram à chapa. “Nós teremos, sim, uma representação das forças políticas que defendem a igualdade, a justiça social, o respeito a todos os direitos e das forças comprometidas com a democracia. No segundo turno, estaremos lá. Não estamos todas juntas no primeiro turno, mas marchamos do mesmo lado. Construímos a unidade possível”, declarou.

“Diferente de 2016 e 2018, não teremos um segundo turno com duas matizes do bolsonarismo. Eu e Miguel Rossetto estaremos no segundo turno e venceremos as eleições”, finalizou.

Rossetto ainda destacou que é preciso transmitir a esperança. “Essa é uma convenção para o futuro de Porto Alegre”, disse.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247