Polícia prende Luiz Abi, primo e homem forte de Richa

 Foi preso na tarde desta segunda (16) Luiz Abi, primo do governador Beto Richa (PSDB) e uma das figuras mais importantes do grupo que gravita em torno do tucano; ele está sendo ouvido pelos procuradores sobre o escândalo que mistura sexo e extorsão na delegacia da Receita Estadual de Londrina; prisão foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, motivada por uma suposta fraude no Departamento de Transporte Oficial do Governo do Estado; pelo Twitter, Roberto Requião comentou a prisão: "Pedofilia, sexo chantagem na receita estadual do Paraná? PRIMO preso?"

www.brasil247.com -  Foi preso na tarde desta segunda (16) Luiz Abi, primo do governador Beto Richa (PSDB) e uma das figuras mais importantes do grupo que gravita em torno do tucano; ele está sendo ouvido pelos procuradores sobre o escândalo que mistura sexo e extorsão na delegacia da Receita Estadual de Londrina; prisão foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, motivada por uma suposta fraude no Departamento de Transporte Oficial do Governo do Estado; pelo Twitter, Roberto Requião comentou a prisão: "Pedofilia, sexo chantagem na receita estadual do Paraná? PRIMO preso?"
 Foi preso na tarde desta segunda (16) Luiz Abi, primo do governador Beto Richa (PSDB) e uma das figuras mais importantes do grupo que gravita em torno do tucano; ele está sendo ouvido pelos procuradores sobre o escândalo que mistura sexo e extorsão na delegacia da Receita Estadual de Londrina; prisão foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado, motivada por uma suposta fraude no Departamento de Transporte Oficial do Governo do Estado; pelo Twitter, Roberto Requião comentou a prisão: "Pedofilia, sexo chantagem na receita estadual do Paraná? PRIMO preso?" (Foto: Valter Lima)


247 - Foi preso na tarde desta segunda-feira (16) Luiz Abi, primo do governador Beto Richa (PSDB) e uma das figuras mais importantes do grupo que gravita em torno do tucano. Ele está sendo ouvido pelos procuradores sobre o escândalo que mistura sexo e extorsão na delegacia da Receita Estadual de Londrina.

. A prisão foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), motivada por uma suposta fraude no Departamento de Transporte Oficial (Deto) do Governo do Estado. Abi foi detido em Curitiba e está sendo levado para Londrina, onde o Gaeco investiga os casos de exploração sexual de adolescentes e o esquema de corrupção na Receita Estadual. O parentesco entre Abi e Richa é confirmado pelo site do PSDB.

Pelo Twitter, Roberto Requião comentou a prisão: "Pedofilia, sexo chantagem na receita estadual do Paraná? PRIMO preso?".

Além de Abi, o Gaeco tem outros quatro mandados de prisão para cumprir e um de condução coercitiva. A operação está acontecendo em Londrina, Curitiba, Bandeirantes e Cambé, inclusive em uma oficina que atendia o governo do Estado. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email