“Popularidade de Dilma não para de subir”, diz Hidalgo

Segundo o diretor-presidente da Paraná Pesquisa, Murilo Hidalgo, a petista está recuperando muito rápido a confiança dos brasileiros; "O povo é mais pragmático que os políticos: se está ruim com ela (a presidenta) pode ficar pior sem ela", disse

Segundo o diretor-presidente da Paraná Pesquisa, Murilo Hidalgo, a petista está recuperando muito rápido a confiança dos brasileiros; "O povo é mais pragmático que os políticos: se está ruim com ela (a presidenta) pode ficar pior sem ela", disse
Segundo o diretor-presidente da Paraná Pesquisa, Murilo Hidalgo, a petista está recuperando muito rápido a confiança dos brasileiros; "O povo é mais pragmático que os políticos: se está ruim com ela (a presidenta) pode ficar pior sem ela", disse (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Blog do Esmael - O diretor-presidente da Paraná Pesquisa, Murilo Hidalgo, disse ao blog que a popularidade da presidenta Dilma Rousseff não para de subir. Segundo ele, a petista está recuperando muito rápido a confiança dos brasileiros.

Prestes a lançar um braço nacional do instituto que dirige, a Brasil Pesquisas, Hidalgo avalia que Dilma está dando mais segurança de futuro enquanto a oposição não consegue vender a ideia de um projeto alternativo de país.

"O povo é mais pragmático que os políticos: se está ruim com ela [a presidenta] pode ficar pior sem ela", observa Murilo Hidalgo, lembrando que a classe média, mesmo não concordando com o PT, sabe que com Dilma não haverá golpes institucionais e que as conquistas democráticas serão garantidas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email