Prefeito de Curitiba decreta recesso nos últimos dias da gestão

O prefeito Gustavo Fruet, decretou recesso nos três últimos dias úteis da sua gestão na Prefeitura Municipal de Curitiba. O recesso começa na próxima quarta-feira (28) e vai até sexta (30), nas repartições públicas da administração direta do município. O prefeito eleito de Curitiba, Rafael Greca, criticou a decisão e disse que esse "recesso somado aos outros dados ainda no final do mês de outubro antes do segundo turno, revelam o descaso da gestão do prefeito Gustavo Fruet para com a cidade e sua população. É um triste fim"

Gustavo Fruet anuncia parte do secretariado municipal nessa segunda feira 17. Foto Everson Bressan
Gustavo Fruet anuncia parte do secretariado municipal nessa segunda feira 17. Foto Everson Bressan (Foto: Fatima 247)

O prefeito Gustavo Fruet, decretou recesso nos três últimos dias úteis da sua gestão na Prefeitura Municipal de Curitiba. O recesso começa na próxima quarta-feira (28) e vai até sexta (30), nas repartições públicas da administração direta do município. Segundo informações do G1, o objetivo é reduzir gastos de serviços com água, luz, transporte, telefonia, entre outros.

O prefeito eleito de Curitiba, Rafael Greca, criticou a decisão e disse que esse "recesso somado aos outros dados ainda no final do mês de outubro antes do segundo turno, revelam o descaso da gestão do prefeito Gustavo Fruet para com a cidade e sua população. É um triste fim".

O decreto foi publicado no Diário Oficial no dia 22 de dezembro. "Ficam autorizadas as autarquias e fundações públicas, as sociedades de economia mista e empresas públicas da Administração Municipal a adotar o regime de recesso aqui decretado, observadas as mesmas condições aqui estabelecidas e garantido o atendimento a serviços essenciais", declarou o prefeito.

Ao publicar o decreto, o prefeito considerou a efetiva redução do público que busca atendimentos de rotina nos órgãos da administração municipal em razão das festividades de Natal e de Ano Novo e o recesso na semana que antecede o Ano Novo nas repartições do Poder Executivo Estadual, Legislativo, Judiciário e Tribunal de Contas.

Com informações do G1


Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247