‘Privatizador’ deverá assumir pasta de Educação no Paraná, diz blog

O governador Beto Richa (PSDB) deverá anunciar o engenheiro Fernando Xavier Ferreira para a Secretaria de Estado da Educação (SEED); o futuro secretário é membro do conselho de administração do Grupo Positivo, que tem forte interesse na área da educação; Xavier  foi presidente da Telefônica, que incorporou a antiga Telesp e Telepar, com a privatização do sistema Telebrás no governo FHC; a Telefônica utiliza a marca Vivo, atualmente

O governador Beto Richa (PSDB) deverá anunciar o engenheiro Fernando Xavier Ferreira para a Secretaria de Estado da Educação (SEED); o futuro secretário é membro do conselho de administração do Grupo Positivo, que tem forte interesse na área da educação; Xavier  foi presidente da Telefônica, que incorporou a antiga Telesp e Telepar, com a privatização do sistema Telebrás no governo FHC; a Telefônica utiliza a marca Vivo, atualmente
O governador Beto Richa (PSDB) deverá anunciar o engenheiro Fernando Xavier Ferreira para a Secretaria de Estado da Educação (SEED); o futuro secretário é membro do conselho de administração do Grupo Positivo, que tem forte interesse na área da educação; Xavier  foi presidente da Telefônica, que incorporou a antiga Telesp e Telepar, com a privatização do sistema Telebrás no governo FHC; a Telefônica utiliza a marca Vivo, atualmente (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Blog do Esmael - O governador Beto Richa (PSDB) deverá anunciar na tarde desta sexta-feira (19) o engenheiro Fernando Xavier Ferreira para a Secretaria de Estado da Educação (SEED).

O futuro secretário é membro do conselho de administração do Grupo Positivo, que tem forte interesse na área da educação.

Fernando Xavier foi presidente da Telefônica, que incorporou a antiga Telesp e Telepar, com a privatização do sistema Telebrás no governo Fernando Henrique Cardoso. A Telefônica utiliza hoje a marca Vivo.

Além disso tudo, no currículo de Xavier tem sua participação no conselho de administração da Triunfo — que controla várias praças de pedágio nas rodovias do Paraná e no Brasil.

O futuro secretário entende tudo de Educação! (Ironia, é claro). Tem um perfil 'privatizador', o que é ruim para professores, pedagogos e alunos. Ou seja, 2015 será um ano muito mais difícil para os educadores paranaenses.

E teve quem acreditasse que o "melhor estava por vir...", como prometeu Richa.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247