PT condena acordo sigiloso sobre usina de Itaipu

"O PT lamenta o fato de que o anunciado novo acordo sobre o Anexo C do Tratado de Assunção tenha sido negociado de forma sigilosa, o que vem despertando indignação da República do Paraguai e perplexidade no Brasil", diz o texto assinado por Gleisi Hoffmann

Gleisi Hoffmann
Gleisi Hoffmann (Foto: Vinícius Loures/Câmara dos Deputados)

Nota do PT – O Partido dos Trabalhadores acompanha com grande preocupação os acontecimentos que se desenrolam na República do Paraguai, nosso vizinho e parceiro histórico do Mercosul, em torno da questão da energia de Itaipu.

O partido entende que essa gigantesca hidrelétrica, ainda a maior do mundo em geração efetiva de energia, foi construída pelos dois países irmãos para solidificar a amizade que une os povos do Brasil e do Paraguai, e não para servir de motivo torpe para conflitos que atrapalhem uma relação que tem tudo para continuar a produzir resultados muito positivos.

Nesse sentido, o PT lamenta o fato de que o anunciado novo acordo sobre o Anexo C do Tratado de Assunção tenha sido negociado de forma sigilosa, o que vem despertando indignação da República do Paraguai e perplexidade no Brasil. Lembramos que, durante os governos do PT, o Brasil sempre procurou manter uma boa relação com nosso vizinho, no entendimento de que o progresso do entorno regional representa também progresso para o Brasil.

Salientamos que, que na qualidade de presidenta do partido e de deputada federal, apresentaremos requerimento de informação para exigir o envio imediato do texto negociado na surdina.  Por último, enviamos fraterno abraço ao povo paraguaio, expressando nosso sentimento de que estaremos sempre unidos na busca de uma América do Sul integrada, soberana e justa para todos.

Gleisi Hoffmann, presidenta Nacional do PT

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247