PT reforça compromisso com a valorização da PM

“O estado tem o dever de oferecer boa remuneração e capacitação permanente aos policiais, para que eles estejam sempre preparados e motivados para o trabalho, além de equipamentos e estrutura. Vamos tratar a categoria com muito respeito e sempre com diálogo”, prometeu a candidata à governadora Gleisi Hoffmann (PT) a um grupo de oficiais ativos e da reserva da Polícia Militar

“O estado tem o dever de oferecer boa remuneração e capacitação permanente aos policiais, para que eles estejam sempre preparados e motivados para o trabalho, além de equipamentos e estrutura. Vamos tratar a categoria com muito respeito e sempre com diálogo”, prometeu a candidata à governadora Gleisi Hoffmann (PT) a um grupo de oficiais ativos e da reserva da Polícia Militar
“O estado tem o dever de oferecer boa remuneração e capacitação permanente aos policiais, para que eles estejam sempre preparados e motivados para o trabalho, além de equipamentos e estrutura. Vamos tratar a categoria com muito respeito e sempre com diálogo”, prometeu a candidata à governadora Gleisi Hoffmann (PT) a um grupo de oficiais ativos e da reserva da Polícia Militar (Foto: Roberta Namour)

Notícias Paraná - Em reunião na tarde da última quarta-feira (3) com um grupo de oficiais ativos e da reserva da Polícia Militar, a candidata à governadora Gleisi Hoffmann (PT) reforçou o compromisso com a valorização da categoria. Para Gleisi, é fundamental remuneração, plano de carreira, capacitação permanente, equipamentos e estrutura aos policiais militares paranaenses.

“Vamos oferecer todas as condições para que a PM possa executar seu papel da melhor forma possível. O estado tem o dever de oferecer boa remuneração e capacitação permanente aos policiais, para que eles estejam sempre preparados e motivados para o trabalho, além de equipamentos e estrutura. Vamos tratar a categoria com muito respeito e sempre com diálogo”, enfatizou a candidata da coligação Paraná Olhando Pra Frente.

O encontro aconteceu no Clube dos Oficiais da PMPR, em Curitiba, e contou com a presença do presidente da instituição, tenente-coronel Sérgio Renor Vendrametto, o candidato ao Senado, Ricardo Gomyde, e o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart.

Gleisi disse que o Paraná não precisa de “planos mirabolantes” ou soluções importadas de outros estados na área da segurança pública. “Vamos integrar as forças de segurança, valorizar a PM, investir em capacitação e tecnologia e ouvir as opiniões de pessoas que têm experiência na área, como os oficiais inativos da Polícia Militar.”

Ela afirmou ainda que o governo terá políticas estruturantes para reduzir os índices de criminalidade a médio e longo prazo no Paraná. “Entendemos que a segurança pública não é apenas responsabilidade das forças policiais, mas exige um conjunto de políticas em educação, saúde e infraestrutura para construirmos uma sociedade mais justa e cada vez menos violenta.”

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247