Requião pede protesto contra a corrupção no Paraná

"Se você for a manifestação de amanhã em Curitiba não esqueça de levar faixas de protesto contra a corrupção no governo do Paraná", publicou o senador do PMDB, em referência às denúncias de corrupção na gestão do governador Beto Richa, do PSDB

"Se você for a manifestação de amanhã em Curitiba não esqueça de levar faixas de protesto contra a corrupção no governo do Paraná", publicou o senador do PMDB, em referência às denúncias de corrupção na gestão do governador Beto Richa, do PSDB
"Se você for a manifestação de amanhã em Curitiba não esqueça de levar faixas de protesto contra a corrupção no governo do Paraná", publicou o senador do PMDB, em referência às denúncias de corrupção na gestão do governador Beto Richa, do PSDB (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 – O senador Roberto Requião (PMDB-PR) defendeu neste sábado 11, em sua conta no Twitter, que os manifestantes que forem às ruas contra o governo da presidente Dilma Rousseff neste domingo 12 levem também faixas que peçam o fim da corrupção no governo do Paraná, comandado por Beto Richa (PSDB).

A gestão do tucano tem sido alvo de diversas denúncias de irregularidades. Seu primo, o empresário Luiz Abi Antoun, é acusado de ter fraudado uma licitação no estado e foi preso em janeiro sob acusação de envolvimento em um esquema de exploração sexual de adolescentes. Ele tinha cargo em um gabinete extinto na Assembleia Legislativa.

"Se você for a manifestação de amanhã em Curitiba não esqueça de levar faixas de protesto contra a corrupção no governo do Paraná", publicou Requião.

"A Ferrari pilotada pelo beto Richa estará na frente da manifestação de amanhã, junto com o Marcio Albuquerque Lima?", questionou, em referência ao carro com o qual o governador tucano compete nas pistas de Londrina e ao seu parceiro de corrida.

"Tudo indica que a 'Ferrari' com que o Beto Richa corria e se exibia em Londrina foi comprada com dinheiro roubado na receita estadual. Argh !", denunciou ainda Roberto Requião.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247