"Se eu tivesse um milímetro de dúvida não estaria aqui", diz Baltasar Garzón sobre inocência de Lula

Ex-presidente Lula recebeu o ex-juiz espanhol Baltasar Garzón e o ex-ministor Tarso Genro. Lula disse que se ele tivesse um milímetro de dúvida sobre sua inocência não o teria convidado. “E se eu tivesse um milímetro de dúvida não estaria aqui”, respondeu o juiz que prendeu o ditador Augusto Pinochet

(Foto: Ricardo Stuckert)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu na tarde desta quinta-feira (26) as visitas do ex-juiz espanhol Baltasar Garzón e do ex-ministro da Justiça Tarso Genro em Curitiba, onde é mantido como preso político há um ano e meio. 

Ao avistar Garzon, um dos juízes mais respeitados no mundo e que ficou historicamente conhecido por ter decretado a prisão do ditador chileno Augusto Pinochet, Lula disse: “Se eu tivesse um milímetro de dúvida sobre minha inocência não teria te convidado para vir aqui”. 

Ao que Garzon respondeu: “E se eu tivesse um milímetro de dúvida não estaria aqui”. 

Assista à declaração de Baltasar Gorzón:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email