Traiano diz que Gleisi prejudicou o Paraná

Deputado Ademar Traiano, líder do governo na Alep, afirma que senadora petista Gleisi Hoffmann teria prejudicado o Paraná; no programa Roda Viva da TV Cultura, o próprio governador Beto Richa reconheceu que gastou menos em saúde e mais em salários do que permite a Constituição

Deputado Ademar Traiano, líder do governo na Alep, afirma que senadora petista Gleisi Hoffmann teria prejudicado o Paraná; no programa Roda Viva da TV Cultura, o próprio governador Beto Richa reconheceu que gastou menos em saúde e mais em salários do que permite a Constituição
Deputado Ademar Traiano, líder do governo na Alep, afirma que senadora petista Gleisi Hoffmann teria prejudicado o Paraná; no programa Roda Viva da TV Cultura, o próprio governador Beto Richa reconheceu que gastou menos em saúde e mais em salários do que permite a Constituição (Foto: Roberta Namour)

Por Enio Verri
Notícias Paraná - A desonestidade tem sido a marca dos textos que o deputado Ademar Traiano, líder do governo na Alep, divulga semanalmente na internet e em jornais do interior. Sem razão que possa justificar tanto ódio e tamanho rancor, ele destila maldades contra a senadora Gleisi Hoffmann em xingamentos, invenções infamantes e agressões impensáveis em um ambiente de urbanidade, civilização e democracia.

Traiano repete, de forma recorrente, o lenga-lenga de que a senadora teria prejudicado o Paraná, mas não apresenta um único fato, um só indício ou cita um só ato que possa dar crebilidade às suas acusações irresponsáveis. Nada do que diz é verdade. Gleisi se conduz em relação ao Paraná de forma impecável e todos os seus movimentos são em defesa dos paranaenses.

O deputado insiste nas inverdades para tentar justificar o injustificável: o caos das finanças do Paraná, cujo principal e único responsável é o governador Beto Richa. Ao tentar desqualificar a imagem da senadora, ele busca criar uma cortina de fumaça para encobrir a devastação financeira causada ao Paraná pelo governador Richa.

Tivesse mais atento aos fatos políticos, o líder do governo teria acompanhado a entrevista do governador no programa Roda Viva da TV Cultura. Ali, o próprio Richa reconheceu que gastou menos em saúde e mais em salários do que permite a Constituição da República. Ao confessar que desrespeitou a Constituição, Richa assumiu que foi o único responsável por tornar o Paraná inadimplente e, por consequência, impossibilitado de tomar empréstimos federais.

A boa verdade, e o deputado Traiano sabe de cor e salteado, é que o governador dedica-se bem menos do que poderia ao trabalho. O resultado é o descontrole das contas e o desastre administrativo.

O povo do Paraná, trabalhador e cumpridor dos seus deveres e obrigações, não merece passar por tudo isso. O PT não pode deixar de manifestar seu inconformismo e indignação.

Igualmente, não podemos deixar de dizer a verdade aos paranaenses: as invencionices de Traiano e de outros que usam a internet para difamar o PT e a senadora Gleisi fazem parte da estratégia de marketing da campanha do governador.

É importante lembrar que a Justiça Eleitoral descobriu recentemente que um assessor da Agência Estadual de Notícias estava divulgando mentiras absurdas contra a senadora em sites da internet.

Em pleno horário de expediente, usando dinheiro público de forma ilegal, a agência de notícias do Estado fazia campanha eleitoral antecipada, espalhando calúnias e tentando indispor a senadora contra as APAES. Havia também inúmeros ataques à sua condição de mulher.

Mesmo sendo alvo do massacre sexista, a senadora não dá importância aos seus comentários. O que a preocupa é encontrar soluções para os problemas do Paraná, fazendo o Estado avançar.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247