TRF4 nega relação de caso Lulinha com Lava Jato e manda processo para a Justiça de SP

A 8ª Turma do TRF-4 atendeu ao pedido da defesa de Fábio Luis Lula da Silva, que apontou que a investigação não tem relação com a Lava Jato, retirando o inquérito da 13ª Vara Federal de Curitiba

Vamos ao Lulinha, aquele que a imprensa gosta de bater principalmente quando se trata de desviar acusações contra seus aliados, a exemplo da filha de Eduardo Cunha
Vamos ao Lulinha, aquele que a imprensa gosta de bater principalmente quando se trata de desviar acusações contra seus aliados, a exemplo da filha de Eduardo Cunha (Foto: Davis Sena Filho)

247 - Em sessão nesta quarta-feira (11), o Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) atendeu ao pedido da defesa e decidiu enviar o processo contra o filho do ex-presidente Lula, o empresário Fábio Luiz Lula da Silva, o Lulinha, para a Justiça Federal de São Paulo.

O tribunal entendeu que a competência não é da Justiça de Curitiba acatando o argumento da defesa de Lulinha, que apontou que a investigação não tem relação com a Lava Jato, como defendia os procuradores do Paraná, retirando o inquérito da 13ª Vara Federal de Curitiba.

Os procuradores juntaram um trecho da recente delação do ex-governador Sergio Cabral para tentar manter o caso em Curitiba.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247