Universidade de Maringá, na terra natal de Moro, terá curso sobre o golpe

Seguindo o exemplo de outras instituições de ensino superior em todo o país, a Universidade Estadual de Maringá (PR), terra natal do juiz federal Sérgio Moro, também terá um curso sobre o golpe parlamentar que apeou a presidente eleita Dilma Rousseff da Presidência da República e levou Michel Temer ao poder; curso, cujo programa ainda está em construção, também vai focar nos desdobramentos do golpe e no sucateamento da educação pública do Brasil

Seguindo o exemplo de outras instituições de ensino superior em todo o país, a Universidade Estadual de Maringá (PR), terra natal do juiz federal Sérgio Moro, também terá um curso sobre o golpe parlamentar que apeou a presidente eleita Dilma Rousseff da Presidência da República e levou Michel Temer ao poder; curso, cujo programa ainda está em construção, também vai focar nos desdobramentos do golpe e no sucateamento da educação pública do Brasil
Seguindo o exemplo de outras instituições de ensino superior em todo o país, a Universidade Estadual de Maringá (PR), terra natal do juiz federal Sérgio Moro, também terá um curso sobre o golpe parlamentar que apeou a presidente eleita Dilma Rousseff da Presidência da República e levou Michel Temer ao poder; curso, cujo programa ainda está em construção, também vai focar nos desdobramentos do golpe e no sucateamento da educação pública do Brasil (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - Seguindo o exemplo de outras instituições de ensino superior em todo o país, a Universidade Estadual de Maringá (PR), terra natal do juiz federal Sérgio Moro, também terá um curso sobre o golpe parlamentar que apeou a presidente eleita Dilma Rousseff da Presidência da República e levou Michel Temer ao poder.

O curso, baseado na disciplina oferecida na Universidade de Brasília, tem como objetivo central analisar o contexto histórico do golpe que atua como um mecanismo de manutenção do estado pelas elites. O curso, cujo programa ainda está em construção, também vai focar nos desdobramentos do golpe e no sucateamento da educação pública do Brasil.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247