Vargas e doleiro são réus na Justiça do PR

Deputado federal André Vargas (PT-PR) foi absolvido da acusação de improbidade administrativa que data de 1999, com envolvimento do doleiro preso Alberto Youssef, mas condenado a devolver R$ 10 mil aos cofres públicos; o caso está em segunda instancia porque tanto o deputado quanto o Ministério Público recorreram

Deputado federal André Vargas (PT-PR) foi absolvido da acusação de improbidade administrativa que data de 1999, com envolvimento do doleiro preso Alberto Youssef, mas condenado a devolver R$ 10 mil aos cofres públicos; o caso está em segunda instancia porque tanto o deputado quanto o Ministério Público recorreram
Deputado federal André Vargas (PT-PR) foi absolvido da acusação de improbidade administrativa que data de 1999, com envolvimento do doleiro preso Alberto Youssef, mas condenado a devolver R$ 10 mil aos cofres públicos; o caso está em segunda instancia porque tanto o deputado quanto o Ministério Público recorreram (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – Investigado na Câmara por relações com Alberto Youssef, preso pela PF, o deputado federal André Vargas (PT-PR) e o doleiro já são réus em escândalo de corrupção no Paraná e respondem na Justiça desde 1999.

No final da década de 1990, pelo menos R$ 14 milhões, em valores da época, teriam sido desviados da Ama/Comurb em licitações fraudulentas.

O Ministério Publico suspeita que parte do dinheiro tenha financiado campanhas locais do PT, como a de Paulo Bernardo (atual ministro das Comunicações) à Câmara.

Absolvido da acusação de improbidade administrativa, Vargas foi condenado a devolver R$ 10 mil aos cofres públicos. O caso está em segunda instancia porque tanto o deputado quanto o Ministério Público recorreram.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email