Governadores recorrerão ao STF contra decisão da Anvisa que vetou uso da Sputnik V

Primeira medida será uma contestação técnica. Se Anvisa não recuar, o caso será levado à corte suprema

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Governadores decidiram contestar no STF o veto da Anvisa à importação da Sputink V .

É o que informa a CNN (vídeo abaixo).

O primeiro movimento deve ser uma contestação científica, que pode envoluir para uma ação na corte suprema.

Sessenta e três países aprovaram o uso emergencial, incluindo a Argentina, Chile e México.

No Brasil, pelo menos 14 governadores e dos prefeitos solicitaram à Anvisa a aprovação do imunizante.

"Fizemos uma agenda com a Rússia, uma agenda com técnicos e cientistas da Gamaleia e também com a agência reguladora da Rússia e com o Ministério da Saúde da Rússia. Eles afirmaram com muita segurança que é uma vacina segura e precisamos saber quem está com a verdade", disse o governador do Piauí, Wellington Dias, presidente do Consórcio Nordeste.

A Anvisa diz que seguiu critérios técnicos, mas mesmo especialistas como o médico Mário Kato entende que houve pressão política.

A Rússia acusou os EUA a pressionarem o Brasil para vetar a Sputnik V, uma pressão que atende a disputas geopolíticas e não ao interesse da população brasileira.


 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email