Tá nos trends

Após Bolsonaro ser eleito “personalidade corrupta" de 2020, apoiadores espalham fake news sobre Pabllo Vittar

Bolsonaristas ironizaram o "prêmio" de Bolsonaro afirmando que o consórcio que realizou a eleição foi o mesmo que elegeu a cantora Pabllo Vittar a "mulher do ano" em 2020. Pabllo Vittar, no entanto, foi eleito o "homem do ano" pela revista QG Brasil

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro e Pabllo Vittar
Jair Bolsonaro e Pabllo Vittar (Foto: ABr | Divulgação)


247 - Após Jair Bolsonaro receber o título de “Personalidade do Ano em Crime Organizado e Corrupção” pelo Projeto de Relatório sobre Crime Organizado e Corrupção (OCCRP, na sigla em inglês) nesta quarta-feira (30), bolsonaristas reagiram com fake news contra a cantora Pabllo Vittar.

Além do cunho homofóbido presente nas declarações, eles ironizaram o fato afirmando que a votação foi feita pelo “mesmo consórcio que elegeu Pabllo Vittar a mulher do ano”, comentário feito pela deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) no Twitter.

Pabllo Vittar, no entanto, foi eleita o “Homem do Ano” pela revista QG Brasil, além de ter sido escolhida a 13ª mulher mais sexy de 2018.

“Pabllo Vittar” chegou aos assuntos mais comentados do Twitter.

 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email