Tá nos trends

Após sair vivo do desastre da Chape, boliviano escapa de acidente de ônibus que matou mais de 20

"Eu me sinto abençoado, sempre dando graças a Deus", contou Erwin Tumiri à imprensa boliviana

Erwin Tumiri
Erwin Tumiri (Foto: Reprodução/TV Globo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um ônibus na Bolívia, entre Cochabamba e Ivirgarzama, despencou por um barranco por cerca de 150 metros na madrugada desta terça-feira (2). Segundo a imprensa local, 21 pessoas morreram e mais de 20 tiveram ferimentos.

Além do triste número de óbitos, um aspecto chamou a atenção de internautas nesta quarta-feira (3). O técnico de aviação Erwin Tumiri escapou do acidentes. O fato mais curioso, porém, é que Tumiri é conhecido entre os bolivianos por ter sobrevivido à queda do avião da Chapecoense em 2016.

O homem foi entrevistado por meios de comunicação bolivianos e relatou como foi o acidente. "O ônibus estava rodando, aí eu agarrei o banco da frente, sabia que íamos bater porque viajávamos em alta velocidade. Continuei agarrado, não soltei até atingirmos o solo. Depois, me arrastei para fora, sentei, meu joelho estava machucado, me sentei e disse, de novo, 'não posso acreditar'. Aí vieram nos resgatar, eu não estava inconsciente. Acho que fui o primeiro a ser levado para cima. Eu me sinto abençoado, sempre dando graças a Deus'".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email