Tá nos trends

Arcebispo Dom Orlando Brandes entra para o hall de comunistas após criticar Bolsonaro e sofre ataque nas redes

Máquina de ódio bolsonarista nas redes escolheu como alvo o arcebispo de Aparecida (SP), Dom Orlando Brandes, após sacerdote criticar a postura de Bolsonaro

Dom Orlando Brandes
Dom Orlando Brandes (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A máquina de ódio bolsonarista nas redes escolheu como alvo o arcebispo de Aparecida (SP), Dom Orlando Brandes, após o sacerdote criticar a postura de Bolsonaro.

Durante o sermão da missa das 9h, nesta terça-feira (12), Dia de Nossa Senhora Aparecida, ele fez críticas ao armamento da população e ao espalhamento de notícias falsas. 

Dom Orlando Brandes, que já havia feito críticas às políticas do governo Bolsonaro, voltou a alertar os fiéis sobre o armamento da população. 

PUBLICIDADE

“Para ser pátria amada seja uma pátria sem ódio. Para ser pátria amada, uma república sem mentira e sem fake news. Pátria amada sem corrupção. E pátria amada com fraternidade. Todos irmãos construindo a grande família brasileira”, disse Dom Orlando Brandes durante a missa da manhã.

A ação foi o bastante para o bispo ser chamado de comunista pelos bolsonaristas e sofrer diversos ataques. O nome do sacerdote é um dos assuntos mais comentados no Twitter. 

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email