Tá nos trends

Glória Pérez, Letícia Spiller, Marcos Palmeira, Leda Nagle e Márcio Garcia saem em defesa de Juliana Paes

A publicação da atriz Juliana Paes desabafando sobre ataques que teria recebido por ter apoiado a médica Nise Yamaguchi, que defendeu a cloroquina em depoimento à CPI da Covid-19, endossando o discurso do governo de Jair Bolsonaro, recebeu solidariedade de diferentes artistas

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Luísa Fragão, no Portal Fórum - A publicação da atriz Juliana Paes desabafando sobre ataques que teria recebido por ter apoiado a médica Nise Yamaguchi, que defendeu a cloroquina em depoimento à CPI da Covid-19, endossando o discurso do governo de Jair Bolsonaro, recebeu solidariedade de diferentes artistas nas redes sociais.

Glória Pérez, Ágatha Moreira, Marcos Palmeira e Dani Suzuki foram alguns dos famosos que elogiaram o “posicionamento” da atriz. Em vídeo publicado na noite desta quarta-feira (2), Paes reclama de ataques que teria recebido de uma colega e diz que não se considera “bolsominion”, mas que não apoia os “delírios comunistas” do que chama de “extrema-esquerda”.

“Estamos vivendo um dos momentos mais nebulosos. O mundo inteiro está angustiado. Qualquer assunto é politizado. É um maniqueísmo. Eu não sou bolsominion, como adoram acreditar”, afirmou a atriz.

“Vc é incrível! Obrigada por essas palavras”, escreveu a atriz Agatha Moreira nos comentários da publicação. “Muito bom Ju !!! Você me representa!!!”, elogiou Márcio Garcia. “Essa é você, Ju! Assino embaixo”, afirmou Glória Pérez.

A lista de artistas que apoiaram a atriz também inclui Leticia Spiller, Rafael Cardoso, Leda Nagle, Eri Johnson, Andrea Santa Rosa, Elizangela, Matheus Mazzafera, Yan Acioli, Fernando Torquatto e Márcio Garcia.

Poucos artistas contestaram Juliana Paes por seu posicionamento. Foi o caso da atriz Letícia Sabatella, que discordou dos argumentos da colega e a chamou para uma “conversa fraterna”.

Leia a íntegra da matéria no portal Fórum 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email