Tá nos trends

Idosa que aparece em documentário de Anitta processa a cantora e a Netflix

Maria Ilza alega que teve sua sanidade mental questionada após o documentário e que descobriu participação quando estava internada

Anitta
Anitta (Foto: Netflix/Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Guilherme Simmer, Metrópoles - Após aparecer em na série documental Anitta: Made In Honório, a fã da cantora, Maria Ilza de Azevedo entrou na Justiça com um processo contra Anitta e a Netflix. Segundo a coluna de Fábia Oliveira, do O Dia, a idosa alega que descobriu sua participação na série após receber mensagens e ligações de parentes zombando de sua sanidade mental, isso enquanto estava internada na CTI com Covid-19.

De acordo com a jornalista, os advogados da idosa tratam o episódio em que ela aparece na sala da Anitta, como se tivesse ido até lá sem a autorização da cantora, como uma situação de ‘caráter jocoso’, passando posteriormente a ridicularizar sua imagem. Para a defesa, as imagens dão a entender que Maria entrou na mansão de Anitta sem autorização, tratando ela como intrusa.

Leia mais no Metrópoles.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247