Tá nos trends

Luisa Mell vai processar médico por cirurgia não autorizada: “pior que estupro”

Ativista e apresentadora diz ter sofrido violência médica ao passar por uma cirurgia não autorizada nas axilas

Luisa Mell no Hospital Albert Einstein
Luisa Mell no Hospital Albert Einstein (Foto: Reprodução/Instagram)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A apresentadora Luisa Mell anunciou, por meio de seu advogado, que irá processar o médico responsável por uma cirurgia feita contra ela sem autorização. O episódio acontece pouco depois de a ativista denunciar também o ex-marido Gilberto Zaborowsky por pressão psicológica, ameaça verbal e tentativa de coação.

“Isso é pior que um estupro. Ambos a violaram enquanto estava anestesiada e deram sequência a práticas e procedimentos não autorizados, que acumularam prejuízos estéticos irreversíveis. Um verdadeiro crime”, disse Angelo Carbone, advogado de Luisa Mell, ao portal UOL.

Luisa Mell entrou recentemente com um pedido de medida protetiva de urgência contra o empresário, com quem foi casada por dez anos. O relacionamento terminou em julho deste ano. A nova ação investigaria se o ex-marido da apresentadora, Gilberto Zaborowsky, teria alguma relação com a realização da cirurgia que não foi autorizada pela ativista.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email