Tá nos trends

Primeira empresa do Maranhão na Bolsa de Valores, Grupo Mateus estreia com alta de 3%

O varejista Grupo Mateus, um dos maiores atacarejos do Brasil, concluiu sua oferta inicial de ação (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores brasileira, com uma cifra de R$ 4,6 bilhões, sendo a maior abertura de capital no ano até aqui. Nesta terça (13), a companhia inaugurou a ação no pregão com alta de mais de 3%

(Foto: Reuters/AMANDA PEROBELLI)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O varejista Grupo Mateus, um dos maiores atacarejos do Brasil, estreou nesta terça-feira (13), na B3 e inaugurou a ação no pregão com alta de mais de 3%. É a primeira empresa do Maranhão listada na Bolsa brasileira e a 14ª do Nordeste. A companhia concluiu sua oferta inicial de ação (IPO, na sigla em inglês) de R$ 4,6 bilhões na semana passada, sendo a maior abertura de capital no ano até aqui. Também foi registrada uma demanda que superou em mais de cinco vezes o volume ofertado. Às 11h10, os papéis da empresa subiam 1,56%.

"A oferta traz mais representatividade geográfica à B3", afirmou o presidente da Bolsa, Gilson Finkelsztain, na cerimônia virtual de estreia da empresa. "O Grupo Mateus tem uma história incrível de empreendedorismo, que deixa uma estrutura familiar e enxerga a bolsa como um parceiro para ajudar a trilhar essa nova fase de expansão", acrescentou. Os relatos foram publicados pelo portal Terra

Fundado em 1986 por Ilson Mateus, o Grupo Mateus é o quarto maior atacarejo do País, com 137 lojas em três estados - Maranhão, Pará e Piauí. O fundador construiu a rede começando com uma pequena mercearia, que anos depois, em 2009, iria faturar quase R$ 10 bilhões ao ano. Atualmente a rede emprega 20 mil pessoas. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247