Tá nos trends

Primeira empresa do Maranhão na Bolsa de Valores, Grupo Mateus estreia com alta de 3%

O varejista Grupo Mateus, um dos maiores atacarejos do Brasil, concluiu sua oferta inicial de ação (IPO, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores brasileira, com uma cifra de R$ 4,6 bilhões, sendo a maior abertura de capital no ano até aqui. Nesta terça (13), a companhia inaugurou a ação no pregão com alta de mais de 3%

www.brasil247.com -
(Foto: Reuters/AMANDA PEROBELLI)


247 - O varejista Grupo Mateus, um dos maiores atacarejos do Brasil, estreou nesta terça-feira (13), na B3 e inaugurou a ação no pregão com alta de mais de 3%. É a primeira empresa do Maranhão listada na Bolsa brasileira e a 14ª do Nordeste. A companhia concluiu sua oferta inicial de ação (IPO, na sigla em inglês) de R$ 4,6 bilhões na semana passada, sendo a maior abertura de capital no ano até aqui. Também foi registrada uma demanda que superou em mais de cinco vezes o volume ofertado. Às 11h10, os papéis da empresa subiam 1,56%.

"A oferta traz mais representatividade geográfica à B3", afirmou o presidente da Bolsa, Gilson Finkelsztain, na cerimônia virtual de estreia da empresa. "O Grupo Mateus tem uma história incrível de empreendedorismo, que deixa uma estrutura familiar e enxerga a bolsa como um parceiro para ajudar a trilhar essa nova fase de expansão", acrescentou. Os relatos foram publicados pelo portal Terra

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fundado em 1986 por Ilson Mateus, o Grupo Mateus é o quarto maior atacarejo do País, com 137 lojas em três estados - Maranhão, Pará e Piauí. O fundador construiu a rede começando com uma pequena mercearia, que anos depois, em 2009, iria faturar quase R$ 10 bilhões ao ano. Atualmente a rede emprega 20 mil pessoas. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email