Tá nos trends

Sertanejos Israel e Rodolffo são acusados de apologia ao estupro em nova música: "‘me atiçou, vai ter que dar uma namorada"

Na letra de ‘Dar uma Namorada’, os cantores afirmam que uma mulher que os excite terá que "dar uma namorada". Segundo a psicanalista Manuela Xavier, a letra é "uma apologia clara ao estupro”

www.brasil247.com - Israel e Rodolffo
Israel e Rodolffo (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A dupla da sertaneja Israel e Rodolffo estão envolvidos numa grande polêmica. Após o lançamento da música de trabalho ‘Dar uma Namorada’, os cantores foram acusados de fazer ‘apologia ao estupro’ na letra da canção. A reportagem é do portal Época. 

“A música conta uma história de um casal e ele fala assim: ‘me atiçou, vai ter que dar uma namorada. Essa música escrita em 2021, mas com a mentalidade de 1920, diz que se a mulher for estuprada a culpa é dela. Porque ela atiçou, ela provocou. Qualquer semelhança com ‘qual era a roupa que ela usava?’ não é mera coincidência. A música lançada por Israel e Rodolffo é uma apologia clara ao estupro”, disse Manuela Xavier, que é psicanalista e doutora em psicologia. A reportagem é do portal Época a partir de post de Xavier no Instagram. Veja:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Manuela Xavier (@manuelaxavier)

PUBLICIDADE

Após a enorme repercussão negativa, Rodolffo resolveu se pronunciar sobre o assunto na rede social: “Boa noite, Manuela! Tudo bem?? Olha, primeiramente eu acho que vc está exagerando nas observações, pois a gente faz música pra Homem e pra Mulher, uma mulher pode cantar pra um homem essa letra, ela é unissex. É uma música alegre, descontraída, para as pessoas se divertirem cantando. Sou totalmente a favor da causa, estou com você! Agora vir criticar o meu trabalho induzindo as pessoas a pensarem que é uma música machista não. Foi feita pra mulher cantar tbm”, rebateu o artista.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email