Tá nos trends

Simpatizante de terroristas bolsonaristas, Monark tem conta no Twitter retida

O podcaster defendeu os terroristas que depredaram as sedes dos três poderes em Brasília. Nikolas Ferreira e Bárbara Destefani também tiveram suas contas retidas

www.brasil247.com - Monark
Monark (Foto: Reprodução)


247 - O influencer Bruno Aiub, conhecido como Monark, teve sua conta no Twitter retida nesta sexta-feira (13) "em resposta a uma demanda legal". A informação consta no perfil de Monark na rede social. 

O podcaster defendeu os terroristas que depredaram as sedes dos três poderes em Brasília, afirmando que é "normal o povo se rebelar".

"Eu sinto simpatia pelas pessoas que estão protestando, esse nosso estado é uma ditadura nefasta e autoritária, só roubam o povo. Algo deve ser feito, mas nossa classe política se provou covarde e conivente, com isso é normal o povo se sentir sem esperanças e rebelar", tuitou Monark no domingo (8), durante a invasão. 

Monark já se envolveu em diversas polêmicas. No ano passado, chegou a defender o direito de existência de um partido nazista, gerando fortes críticas da comunidade judaica. 

O deputado bolsonarista Nikolas Ferreira e a influenciadora Bárbara Destefani, do perfil TeAtualizei, também tiveram suas contas retidas. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247