Tá nos trends

Whindersson e Felipe Neto batem boca no Twitter

Influenciador e humorista trocaram farpas em rede social nesta sexta-feira (10), após Whindersson Nunes responder um internauta que sugeriu ao humorista financiar o time Vasco da Gama para realizar a contratação do jogador Philippe Coutinho e comparou a atitude de Felipe Neto e Marcelo Adnet, que fizeram isso pelo Botafogo

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Whindersson Nunes e Felipe Neto trocaram farpas nas redes sociais e o humorista desafiou o influenciador: “Tô aqui no Rio, @felipeneto, quer abrir as portas da sua casa pra mim? A gente pode discutir como ajudar o país. Ou tu quer peidar pra dentro igual todas as outras vezes que tentei conversar com você? Vida real mesmo, minha segurança é a mesma sua, tá seguro, que tal?”.

Felipe Neto respondeu: “Irmão, encontra paz… Do fundo do coração, encontra paz no teu coração. Desejo realmente que você supere isso tudo e um dia a gente possa conversar direito, sem você estar assim. Até lá, te desejo melhoras. Abs”.

Tudo começou quando Whindersson Nunes respondeu um internauta que sugeriu ao humorista financiar o time Vasco da Gama para realizar a contratação do jogador Philippe Coutinho e comparou a atitude de Felipe Neto e Marcelo Adnet, que fizeram isso pelo Botafogo, time do coração dos dois.

PUBLICIDADE

“Tá na hora do Whindersson Nunes gastar seus milhões com o Vasco, juntar com outro vascaíno famoso e trazer o Coutinho de volta”, disse o internauta.

Whindersson respondeu: “Tô financiando uma pesquisa para um motor adaptado para motorizar qualquer tipo de cadeira de rodas e um dispositivo que deixa uma mancha fluorescente nos buracos das estradas pra ninguém se acidentar à noite, já que não tapam os buracos. Não vou gastar nada com time, só torcer”.

No entanto, o jornalista José Passini resolveu dizer que Whindersson teria sido traído por Luísa Sonza por conta da recusa em ajudar o Vasco. “Por isso que tu é corno”, diz o tuíte que foi apagado em seguida.

PUBLICIDADE

Os seguidores de Whindersson mostraram pra ele o tuíte apagado, que deixou sob aviso: “Tenho show e os dados também, é muito fácil achar jornalista, todos se conhecem”.

Felipe, insuflado pelos internautas, se dispôs a cobrir os custos do jornalista com advogados. “Quem quiser fazer mal a @ZePassini terá que me derrubar primeiro”. E completou: “Irmão, tu vai ter mais advogado que o Eike Batista”.

“Pode botar o advogado do Lula, vai limpar banheiro”, rebateu Whindersson. Felipe seguiu os comentários afirmando que, assim como o humorista, ele também faz doações e apoia causas positivas para a sociedade. “Faço doações a todo tipo de instituto, ONG e movimento. Investi quase 1 milhão de reais na criação do Instituto VERO de educação digital. Criei o movimento Cala Boca Já Morreu de apoio para pessoas perseguidas por opinião e vou gastar em time sim”, listou.

PUBLICIDADE

“Parabéns, é o próprio Jesus”, respondeu Whindersson.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email