De quantas tragédias vamos precisar para que a sociedade enxergue o mal que é o governo Bolsonaro?

São tantas tragédias e tantas trapalhadas deste governo que não sabemos nem por onde começar a questionar. Não há área de atuação do governo de Bolsonaro que não haja, junto, uma patifaria. É um governo errante, uma nau sem rumo

(Foto: Antonio Cruz - ABR)

São tantas tragédias e tantas trapalhadas deste governo que não sabemos nem por onde começar a questionar. Não há área de atuação do governo de Bolsonaro que não haja, junto, uma patifaria. É um governo errante, uma nau sem rumo. A impressão que se tem é a de um avião em pleno voo onde os pilotos, comissário e passageiros começam uma discussão e o piloto ao invés de comandar a aeronave, resolve vir pro meio do avião brigar com sua tripulação.


A incapacidade de Bolsonaro de governar é tão latente que até mesmo os mais afoitos apoiadores começam a concordar que Bolsonaro foi um erro. Claro que sempre haverá idiotas e tresloucados que defendem essa coisa amorfa e sem perspectiva que está ocupando a cadeira presidencial, mas essa parcela é aquela gente mesquinha e covarde, cuja característica que os distingue é a falta completa de caráter.


Não se sabe ao certo nem mesmo por onde começar a crítica, tal é o volume de idiotices produzidas: Mas creio que quatro (iniciei escrevendo duas) delas demonstram o risco que estamos, enquanto sociedade vivendo.
A primeira é o desemprego: O desemprego humilha, destrói, menospreza, deprime e tira a dignidade humana. O governo de Bolsonaro, não tem uma única medida que possa ser mostrada como sendo ao menos um programa de frente de trabalho. Nada!! Não tem política industrial, não tem política de desenvolvimento tecnológico, não tem capacidade de articulação com o setor produtivo. O sujeito que ele colocou pra pensar esse tipo de ação de desenvolvimento econômico, até agora, só produziu retirada de direitos, acumulação de lucros para o grande capital e travamento econômico. A estupidez gerencial e falta de capacidade e empatia desse sujeito é tal, que ele sequer consegue distinguir o significado de pobreza e miséria. E sob sua orientação, os dois estão cada vez se aproximando mais.


A segunda é o meio ambiente: As tragédias que se sucedem que vão das queimadas promovidas e provocadas por seguidores tão estúpidos quando o seu líder Jair Bolsonaro na Amazônia, é fruto desta perspectiva doentia e asquerosa de destruir as “porras das árvores”. Esse cara é um facínora. Um assassino de gerações inteiras. Não se trata apenas de árvores dando lugar a carvão... trata-se de vidas animais, de pássaros, de mamíferos, de anfíbios e insetos. Isso sem contar na biodiversidade de plantas de espécies que sequer estão catalogadas! Não bastasse essa tragédia, que por si só, já deveria derrubar esse desgraçado do poder, agora, vemos o petróleo que vaza a mais de 50 dias em alto mar e não há uma única ação digna deste nome por parte deste governo. Bolsonaro não colocou os pés em uma única praia do nordeste atingida por esta tragédia. A única coisa que essa besta humana sabe repetir é que o petróleo é da Venezuela. A Shell parece estar adorando esta versão! Talvez, quando a mancha de óleo chegar na Praia de Ipanema ou Copacabana, a elite brasileira passe a dar a atenção e ver o tamanho do lixo que colocaram no governo! Sim... tudo isso é responsabilidade perversa desta elite medíocre que existe no Brasil.


A terceira tragédia é o PSL. Este partido é um amontoado de desajustados com disfunções emocionais latentes. Não se trata de um conjunto de políticos. São na verdade um ajuntamento de lunáticos egoístas que tem como característica a bizarrice, a estupidez e a falta de discernimento sobre o significado do papel parlamentar. São em mais de 90% deputados de um mandato só. Não serão reeleitos.  Mas deixarão um estrago digno de serem lembrados por muito tempo. Sustentam o que tem de pior nas propostas do Tonho da lua que está de posse da cadeira presidencial no palácio do Planalto. A crítica que se faz a este bloco de alucinados não é apenas em razão de suas propostas bizarras. Está na origem! E a origem é uma origem corrupta! A cúpula do partido, utilizou-se de candidaturas laranjas para distribuir dinheiro público para ser utilizado pelas candidaturas dos líderes deste partido. Formando assim uma quadrilha de políticos corruptos que na origem diziam combater a corrupção sua cúpula dizia estar combatendo.  


Mas foram os estados do Rio de Janeiro e São Paulo que potencializaram essa bomba para o Brasil. No estado fluminense, foram eleitos 12 deputados federais. Já em São Paulo, elegemos 10 deputados, incluindo coisas do tipo de Eduardo Bolsonaro, Joice Hasselmann e Alexandre Frota. Ou seja, dos 52 deputados eleitos, os dois estados mais ricos do país, deram de presente para os brasileiros 22 peças que se misturar, não consegue fazer um deputado de qualidade.

Quarta tragédia: Perda da soberania: Neste ponto, não há como não fazer uma análise sobre as forças armadas brasileiras. De tudo que foi produzido no Brasil, o que mais envergonha e da tristeza é a cúpula das nossas forças armadas.  A operação Lava Jato causou muitos malefícios ao Brasil. A propaganda alardeada de que a ideia era combater a corrupção e o volume de informações sobre os números da lava jato, (fiz uma análise sobre isso nesta postagem: https://www.brasil247.com/blog/os-prejuizos-da-operacao-lava-jato-para-o-brasil) levou as forças armadas a ter uma posição doentia! Se deixaram levar pelas informações da rede globo e permitiram e até apoiaram um golpe midiático-parlamentar e passaram aderir ao já combalido e burro discurso de combate ao comunismo. Uma das coisas mais idiotas que entoam por ai!
Particularmente o exército brasileiro e sua cúpula são profundamente ingratos com Lula e Dilma. E a ingratidão é o que caracteriza a falta de caráter! Ver alguns generais de pijama insinuar golpes de força é tão asqueroso que dá vontade de vomitar ao vê-los na televisão ou jornais. Foram insuflados por um bando de paranoicos que defendem a tal ffaa. Um conjunto de alucinados ocuparam as avenidas brasileiras e tiveram as vozes ecoadas através das emissoras golpistas de televisão, a começar da rede globo, mas apoiada por Bandeirantes, SBT, Record, Gazeta e suas respectivas afiliadas, que visivelmente são desajustados psicóticos, berram e gritam seus preconceitos, intolerâncias e hostilidades. Foi com base nessa gente que as forças armadas como um todo e o exército em particular, sustentou e ainda hoje sustenta o golpe dado no Brasil em 2016.


Diz a lenda que a aeronáutica através de um brigadeiro em Congonhas impediu a prisão de Lula naquela malfadada operação capitaneada pelo escroto juiz Sergio Moro na condução coercitiva. O que significa dizer que ainda há vida inteligente em nossas forças armadas. O que aliás, é o que penso, pois se dependesse dos Villas Boas da vida, certamente já teria havido mais um golpe. Mas ainda bem que parece que essa ideia não tem mais tanto oxigênio para prosperar.


Diante disso, o que se espera das Forças Armadas é que não permita a venda de nossa soberania. O impressionante é ver o exercito deixar passar ao largo uma questão inusitada. O Brasil está vendendo o patrimônio estatal energéticos (Petróleo e Energia Elétrica) brasileiro para estatais Norueguesas e Chinesas! Ou seja, nós não podemos ter empresas estratégicas estatais no ramo de energia e vamos vender nossas estatais para estatais estrangeiras?


Às vezes, penso que está na hora da esquerda brasileira chamar nossa cúpula das forças armadas e ter uma conversa sobre o significado de soberania e defesa dos interesses do país. Talvez, neste dia, Jair Bolsonaro e seus apoiadores no exército, marinha e aeronáutica irão conhecer o que é sala de estado maior das forças armadas e ali permanecer por um longo período.


Enfim. Não falei sobre Educação, Saúde, Garantias de Direitos Individuais e Coletivos, Previdência, Economia Mundial, ONU, Direitos Trabalhistas, Miséria e Fome e tantas outras questões fundamentais brasileiras. E tudo isso está sendo destruído pelo governo Bolsonaro. Até quando o povo vai assistir impassível tudo isso e não vai se levantar?


Só há uma pessoa que reunifica o país neste momento. Ele se chama Luiz Inácio Lula da Silva.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247