Generais negros!

O exército brasileiro intervem firme com "autorização para matar" e atualiza a lei de segurança nacional! É golpe renovado com ares de empreendimento democrático e (pasmem!) fora aprovado, inclusive, pelo parlamento federal! Não é detalhe menor o fato de partidos historicamente anunciados como trabalhistas terem votado em bloco pela intervenção

Rio de Janeiro - Operação feita pelas polícias Civil e Militar, com o apoio das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança e da Polícia Federal, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte do Rio. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Rio de Janeiro - Operação feita pelas polícias Civil e Militar, com o apoio das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança e da Polícia Federal, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte do Rio. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil) (Foto: Ângelo Cavalcante)

Que estranho! O exercito brasileiro intervem firme com "autorização para matar" e atualiza a lei de segurança nacional! É golpe renovado com ares de empreendimento democrático e (pasmem!) fora aprovado, inclusive, pelo parlamento federal! Não é detalhe menor o fato de partidos historicamente anunciados como trabalhistas terem votado em bloco pela intervenção.

Outro espanto! Existem negros nas forças armadas? Onde eles estão? De certo existem sim, mas é que não vi nenhum general ou alto oficial negro! Temer é branco; Jungmann é branco; Pezão é branco; Crivella é igualmente branco; o senado é branco; a câmara dos deputados é igual e majoritariamente branca; os principais empresários do país são brancos; a mídia é branca e; toda essa turma no comando, fazedores e renovadores de tradições e culturas brancas e que decidem intervir em um dos estados mais negros do Brasil são, é claro, brancos.

Ora, ora... Que curioso! A intervenção militar no Rio é operação racial; é sim, guerra entre brancos e negros; é política higienista; biopolítica de cabo a rabo. Já elegeu seus inimigos e possuem alvos certos e determinados. Por sinal, já fervilham nas redes sociais vídeos que mostram enormes enfileirados de garotos negros algemados, suspeitos (é claro que são e sempre serão suspeitos!) e seguindo direto para a averiguação para não dizer "abatedouros de seres humanos". Por falar nisso... Por onde anda o cadáver do negro Amarildo?

As nobres famílias da zona sul carioca respiram enfim, aliviadas, afinal, onde já se viu tanta violência promovida por esse pessoal, esse pessoal... Dos morros! O exercito mais fascista do Ocidente faz a parte que lhe cabe... Voltaremos mais rebeldes ainda!

Espia só... O Rio virou Palmares! Que seus zumbis juvenis se ergam fortes e rebeldes... Para nosso bem!

Conheça a TV 247

Mais de Blog

Ao vivo na TV 247 Youtube 247