Abandono de Bolsonaro em entrevista no Pânico foi motivado por pergunta sobre rachadinha

O questionamento sobre a rachadinha foi feito pelo humorista André Marinho, filho do empresário Paulo Marinho, que foi aliado de Jair Bolsonaro na campanha eleitoral

www.brasil247.com - Jair Bolsonaro durante entrevista para a Jovem pan
Jair Bolsonaro durante entrevista para a Jovem pan (Foto: Reprodução)


247 - Jair Bolsonaro abandonou uma entrevista nesta quarta-feira (27) após ter ficado irritado com uma pergunta sobre a prática da "rachadinha" no Rio de Janeiro. O questionamento foi feito pelo humorista André Marinho, filho do empresário Paulo Marinho, aliado de Bolsonaro na campanha eleitoral.

Durante entrevista na rádio Jovem Pan, Marinho inicialmente perguntou a Bolsonaro se "rachadores" do Rio de Janeiro deveriam ir para cadeia. 

Irritado, Bolsonaro afirmou que o pai do humorista é o "maior interessado" na vaga de Flávio do Senado. Marinho é o primeiro suplente do senador. O relato foi publicado pelo jornal O Globo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Você sabe que eu sou presidente da República e respondo sobre meus atos, tá ok? Então não vou aceitar provocação tua. E você recolha-se ao teu jornalismo. Não vou aceitar. Se não encerro a entrevista agora. O teu pai é o maior interessado na cadeira do Flávio Bolsonaro. Não vou discutir contigo ou acaba a entrevista aqui", disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bolsonaro também disse que apoiou a indicação de Paulo Marinho como suplente por ter confiança dele. "O teu pai quer a cadeira do Flávio Bolsonaro. Eu decidi com o Flávio indicar teu pai para primeiro suplente, em confiança nele. Não tem mais conversa contigo". 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email