'Advogado de motoboy que será ouvido na CPI é o mesmo de Queiroz e de Adriano da Nóbrega. Coincidência?', pergunta Paulo Pimenta

"O Motoboy que será ouvido pela CPI amanhã, que sacou mais de R$ 4 Milhões para empresa envolvida nas investigações da CPI, ganha R$ 2 mil por mês e conseguiu contratar o mesmo advogado de Queiroz e do miliciano morto Adriano da Nóbrega. Coincidência?”, questionou o parlamentar nas redes sociais

Paulo Pimenta
Paulo Pimenta (Foto: Najara Araujo/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) usou as redes sociais para chamar a atenção sobre  fato de que o motoboy da VTCLog Ivanildo Gonçalves da Silva, que será ouvido nesta terça-feira (31) pela CPI da Covid, tem como advogado Alan Diniz Moreira Guedes de Ornelas, que  já atuou na defesa de Fabrício Queiroz, ex-chefe de gabinete do senador Flávio Bolsonaro, e do miliciano Adriano da Nóbrega, apesar de registrar um salário mensal de R$ 2 mil.

“FATO CURIOSO: O Motoboy que será ouvido pela CPI amanhã, que sacou mais de R$ 4 Milhões para empresa envolvida nas investigações da CPI, ganha R$ 2 mil por mês e conseguiu contratar o mesmo advogado de Queiroz e do miliciano morto Adriano da Nóbrega. Coincidência?”, escreveu Pimenta no Twitter. 

Ivanildo entrou na mira da CPI da Covid por sacar em diversos momentos o montante de R$ 4.743.693. O motoboy foi responsável por 5% de toda movimentação atípica feita pela VTClog, empresa que se tornou alvo de uma das principais linhas de investigação do colegiado.

PUBLICIDADE

Confira a postagem de Paulo Pimenta sobre o assunto. 

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email