Alckmin anuncia Uallace Moreira como secretário de Desenvolvimento Industrial, Comércio, Serviços e Inovação

Ministro destacou carreira do economista: "tem experiência em economia internacional, industrial e inovação, com ênfase em estudos sobre indústria, inovação e catch-up tecnológico"

www.brasil247.com - Geraldo Alckmin e Uallace Moreira
Geraldo Alckmin e Uallace Moreira (Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil | Reprodução/Twitter (editado))


247 - O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin (PSB), anunciou o economista Uallace Moreira, professor da Universidade Federal da Bahia (UFBA), como novo secretário de Desenvolvimento Industrial, Comércio Serviços e Inovação da pasta.

"Uallace é um dos maiores estudiosos brasileiros sobre o setor industrial tendo participado ativamente dos debates sobre a concepção do novo MDIC durante a transição de governo. É mestre e doutor em Desenvolvimento Econômico pela Unicamp e graduado em Economia pela UFBA", escreveu Alckmin em seu Twitter.

O ministro destacou a carreira de Uallace, relembrando que o economista foi consultor do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e da CEPAL (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe), além de pesquisador-visitante do Korea Institute for International Economic Policy (KIEP), do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e professor-visitante da Seoul National University (SNU), na Coreia do Sul.

"Tem experiência nas áreas de economia internacional, industrial e inovação, com ênfase em estudos sobre indústria, inovação e catch-up tecnológico, inserção internacional e desenvolvimento econômico do Brasil e da Coreia do Sul. Bem-vindo ao time do novo MDIC, Uallace Moreira", concluiu Alckmin.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247