Além de viagra, Defesa compra também remédio para calvície

Minoxidil e Finasterida são os medicamentos mais usados para combater casos de calvície

www.brasil247.com - Fachada do Ministério da Defesa
Fachada do Ministério da Defesa (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)


Metrópoles - O Viagra não foi o único medicamento inusitado comprado pelo Ministério da Defesa nos últimos anos, conforme mostrou a jornalista Bela Megale. A pasta também fez a aquisição de Minoxidil e Finasterida, os dois principais meios de combater a calvície masculina. Foi um gasto pequeno: R$ 2,1 mil empenhados entre 2018 e 2020.

Outra compra polêmica trazida à tona recentemente pelo deputado foi a de mais de 1 milhão de quilos de picanha, salmão e filé mignon somente entre janeiro de 2021 e fevereiro deste ano. Somados, os pregões superavam R$ 56 milhões.

Leia a íntegra no Metrópoles

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email