Alexandre de Moraes dá 30 dias para PF colher depoimento de Bolsonaro

Bolsonaro prestará depoimento no inquérito que apura se ele tentou interferir politicamente na Polícia Federal

www.brasil247.com -
(Foto: STF | Isac Nóbrega/PR)


247 - Diante da manifestação do governo federal de que Jair Bolsonaro quer depor presencialmente à Polícia Federal no inquérito que apura uma suposta interferência política dele na instituição, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes deu nesta quinta-feira (7) 30 dias para que a oitiva aconteça.

Bolsonaro, dentro do prazo, pode marcar dia e hora para ser interrogado.

"Determino, ainda, à Polícia Federal que proceda, mediante comparecimento pessoal e prévio ajuste de local, dia e hora, a oitiva do presidente Jair Messias Bolsonaro, no prazo máximo de 30 (trinta) dias", escreveu Moraes na decisão.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email