CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Altman: atitude de Gabriel Boric contra Lula e Venezuela foi "pusilânime"

Segundo o jornalista, o presidente do Chile alinhou-se à direita contra a Venezuela e criticou publicamente o presidente Lula para ser aplaudido pela imprensa reacionária do Brasil

Breno Altman e Gabriel Boric (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Reprodução/Twitter)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O jornalista Breno Altman, editor do site Opera Mundi e comentarista da TV 247, fez nesta terça-feira (30) duras críticas ao presidente do Chile, Gabriel Boric, por declarações feitas pelo chefe de estado durante a cúpula dos presidentes da América do Sul. 

"Intragável e pusilânime a atitude de Gabriel Boric, presidente chileno. Alinhou-se à direita contra a Venezuela e criticou publicamente o presidente Lula, por seu discurso contra as narrativas imperialistas, para ser aplaudido e utilizado pela imprensa reacionária do Brasil", afirmou Altman pelo Twitter.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Para o jornalista, a atitude combativa e solidária de Lula em relação a Venezuela, mais uma vez, demonstra a diferença essencial do líder petista e seu partido com a social-democracia europeia e congêneres, incluindo aqueles que habitam o PT: "o compromisso anti-imperialista".

>>> Governo Lula vê Gabriel Boric refém da direita e o Chile como exemplo a ser evitado pela esquerda na América Latina

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Gabriel Boric, criticou nesta terça-feira (30) as recentes falas do mandatário brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em defesa do governo Nicolás Maduro, na Venezuela. "Não é uma questão de narrativa. É uma coisa real e é seria. Exige uma posição firme e clara de que direitos humanos devem ser respeitados sempre", defendeu o mandatário chileno após reunião com outros nove líderes de outros países da América do Sul e uma representante do Peru na área externa do Palácio do Itamaraty, em Brasília (DF). 

Nesta segunda-feira (29), o petista afirmou que Maduro precisa "construir uma narrativa" para rebater os críticos ao governo venezuelano. "Se eu quiser vencer uma batalha, eu preciso construir uma narrativa para destruir o meu potencial inimigo. Você sabe a narrativa que se construiu contra a Venezuela, de antidemocracia e do autoritarismo", disse.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

>>> Lula e líderes da América do Sul lançam Consenso de Brasília: paz, integração e progresso

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO