Barroso: 7 de Setembro pode mostrar tamanho do fascismo no Brasil

Barroso reforçou o caráter fascista de manifestações que pedem a destruição das instituições, como ocorreu em atos bolsonaristas no aniversário da Independência em 2021

www.brasil247.com - Luís Roberto Barroso e Jair Bolsonaro
Luís Roberto Barroso e Jair Bolsonaro (Foto: ABR)


247 - O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou, nesta sexta-feira (5), que as manifestações bolsonaristas programadas para o bicentenário da Independência, em 7 de setembro, poderão mostrar o "tamanho do fascismo no Brasil".

"No 7 de Setembro, se forem os apoiadores de um dos candidatos (mostrando suporte), faz parte da democracia. E devemos olhar isso com todo o respeito. Agora, se for o episódio para fechamento do Supremo ou do Congresso, aí vamos saber mesmo o tamanho do fascismo e do sentimento antidemocrático no Brasil", disse o ministro, em declaração recuperada pelo jornal O Globo.

A fala se deu no 17º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, em São Paulo. Durante sua palestra, o magistrado foi questionado se projeta um cenário de violência nas eleições brasileiras deste ano, em paralelo com o que houve nos EUA, com a invasão de apoiadores de Donald Trump ao Capitólio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Barroso reforçou o caráter fascista de manifestações que pedem a destruição das instituições: "Uma coisa é a liberdade de apoiar qualquer candidato, a outra coisa é querer destruir as instituições. Apoiar um candidato é liberdade democrática. Agora, destruir as instituições é fascismo, um sentimento antidemocrático. E isso precisa ser reprimido."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vale lembrar que durante as manifestações bolsonaristas do 7 de Setembro do ano passado, que contaram com a participação de Jair Bolsonaro (PL), houve um coro de ameaças ao STF, com pedidos de fechamento da Corte.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email