Bolsonaro defende Trump de novo e insiste com fake news sobre "fraude" nas eleições

"Qual foi o problema, a causa dessa crise toda? Falta de confiança no voto. Lá o pessoal votou e potencializaram o voto pelos correios por causa da tal da pandemia e houve gente que votou três, quatros vezes. Mortos votaram", disse Jair Bolsonaro na manhã desta quinta-feira

Trump e Bolsonaro
Trump e Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro voltou a espalhar a fake news de que a eleição presidencial dos Estados Unidos teria sido fraudada e criticou o bloqueio imposto pelas redes sociais a Donald Trump. Para Bolsonaro, a invasão do Capitólio feita por apoiadores de Trump aconteceu devido a uma “falta de confiança no voto”. 

“O pessoal tem que analisar o que aconteceu nas eleições americanas agora. Basicamente, qual foi o problema, a causa dessa crise toda? Falta de confiança no voto. Lá o pessoal votou e potencializaram o voto pelos correios por causa da tal da pandemia e houve gente que votou três, quatros vezes. Mortos votaram. Foi uma festa lá. Ninguém pode negar isso daí”, disse Bolsonaro a apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada. As supostas alegações de fraude citadas por ele, porém, nunca foram provadas. 

Bolsonaro também criticou o bloqueio imposto pelas redes sociais ao presidente norte-americano. “Ontem, nos Estados Unidos, bloquearam o Trump nas mídias sociais. Um presidente eleito, ainda presidente, tem suas mídias bloqueadas”, disse. Decisão das redes sociais Trump foi tomada  após militantes de extrema direita invadirem o Capitólio pouco depois de Trump pedir que seus apoiadores “marchassem” até o local. 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email