Bolsonaro divulga áudio em que Alexandre Garcia cita Goebbels para dizer que é vítima da imprensa e da esquerda

No áudio, o jornalista Alexandre Garcia nega que o ato do próximo dia 15 seja contra o Legislativo e que participar da manifestação que pede a saída dos presidentes da Câmara e do Senado “faz bem para a democracia”

Alexandre Garcia, Joseph Goebbels e Jair Bolsonaro
Alexandre Garcia, Joseph Goebbels e Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Sem conseguir se desvencilhar do mal estar que criou com a divulgação de um vídeo convocando manifestações contra o Congresso, no próximo dia 15, Jair Bolsonaro usou as redes sociais para divulgar um áudio do jornalista Alexandre Garcia, que nega que o ato seja contra o Legislativo, e que participar da manifestação incentivada por ele “faz bem para a democracia”. Ainda no Twitter,  Bolsonaro disse ser vítima da "grande" imprensa" e da "esquerda".

No áudio, Garcia diz que o vídeo divulgado por Bolsonaro em grupos de WhatsApp é uma convocação de apoio ao ex-capitão, mas não cita que o teor da manifestação mudou após o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, chamar os parlamentares de “chantagistas” na semana passada. 

Garcia, cita ainda, Joseph Goebbels, - ministro da propaganda nazista de Adolf Hitler – para dizer que Bolsonaro é vítima da imprensa. “Como Goebbels recomendou, repita mil vezes e a mentira se torna verdade”, diz. 

Confira o Twitter de jair Bolsonaro sobre o assunto. 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247