Chefe da segurança de Lula pede à PF investigação de empresário bolsonarista que lambeu escopeta e defendeu golpe de Estado

Delegado da Polícia Federal Andrei Passos já solicitou a abertura de outros três inquéritos por ameaças dirigidas contra o ex-presidente Lula

www.brasil247.com - Ex-presidente Lula e o empresário José Sabatini
Ex-presidente Lula e o empresário José Sabatini (Foto: Ricardo Stuckert / Reprodução)


247 - O delegado da Polícia Federal Andrei Passos, responsável pela equipe de segurança da campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), solicitou a abertura de um inquérito contra o empresário bolsonarista José Sabatini, que gravou um vídeo em que aparece lambendo o cano de uma escopeta e defendendo um golpe de Estado por parte de Jair Bolsonaro (PL). De acordo com a coluna da jornalista Bela Megale, no jornal O Globo, este é o quarto pedido de abertura de investigação feito pelo delegado Andrei Passos por ameaças a Lula. 

Na quarta-feira (28), agentes do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, cumpriram um mandado de busca e apreensão e apreenderam duas armas de fogo em um endereço de Sabatini no município de Artur Nogueira, no interior de São Paulo. 

“Além desse pedido, o chefe da segurança de Lula já levou à corregedoria da PF mais três solicitações de instauração de inquérito. Uma das denúncias é sobre um empresário que treinou tiro ao alvo com a foto de Lula. A outra diz respeito ao post de um autor que disse que mataria os eleitores de Lula. O terceiro pedido se refere a um bolsonarista que disse que, se a arma do atentado contra a vice-presidente Cristina Kirchner fosse Taurus, não teria falhado e que seria uma boa ideia usá-la com o ‘sapo barbudo’", destaca a reportagem. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247