Deputado do PSL apresenta projeto que impediria candidatura de Lula

De acordo com a proposta, de autoria do deputado Junio Amaral (PSL-MG), cidadãos que tenham sido condenados à prisão ficariam inelegíveis por oito anos, mesmo em caso de anulação do processo ou da pena

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Tayze/Comunicação Brisa Bracchi/Reprodução/Facebook)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Inconformada com uma possível vitória em primeiro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições presidenciais de 2022, a direita tenta recorrer novamente ao tapetão para tirar o petista da disputa. 

Um Projeto de Lei protocolado na Câmara dos Deputados pelo deputado Junio Amaral (PSL-MG) quer que cidadãos que tenham sido condenados à prisão ficariam inelegíveis por oito anos, mesmo em caso de anulação do processo ou da pena.

Em entrevista ao programa Os Pingos nos Is, do canal bolsonarista Jovem Pan, o deputado Junio Amaral negou que o projeto tenha sido apresentado tendo Lula como alvo principal, mas disse que o ex-presidente é um dos principais beneficiários da “leniência” da Justiça.

PUBLICIDADE

“Em regra, o cara que chega a ser condenado à prisão é porque já fez muita besteira, que já provou que não consegue viver em sociedade. Como a gente deixa que um cara que já provou isso possa não só retornar à sociedade, mas também, brevemente, após isso, já representar o povo?”, questionou Amaral.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email