Entidades judaicas repudiam declaração de Monark sobre nazismo

"O discurso de ódio" traz consequências "terríveis para a humanidade, e o nazismo é sua maior evidência histórica", diz a Confederação Israelita do Brasil

www.brasil247.com - Apresentador Monark
Apresentador Monark (Foto: Reprodução)


247 - Organizações judaicas criticaram Monark, demitido do Flow Podcast, por defender o reconhecimento legal de um partido nazista no Brasil. 

Em nota divulgada em seu site, a Confederação Israelita do Brasil (CONIB) disse condenar "de forma veeemente a defesa da existência de um partido nazista no Brasil" e o "direito de ser antijudeu". "O nazismo prega a supremacia racial e o extermínio de grupos que considera 'inferiores'", diz a nota. 

"Sob a liderança de Hitler, o nazismo comandou uma máquina de extermínio no coração da Europa que matou 6 milhões de judeus inocentes e também homossexuais, ciganos e outras minorias. O discurso de ódio e a defesa do discurso de ódio trazem consequências terríveis para a humanidade, e o nazismo é sua maior evidência histórica", continua.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Federação Israelita SP afirmou repudiar "de forma veemente esse discurso e reiteramos nosso compromisso em combater ideias que coloquem em risco qualquer minoria". "Manifestações como essa evidenciam o grau de descomprometimento do youtuber com a democracia e os direitos humanos".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em sua defesa, o apresentador afirmou que estava "bêbado".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email