Ernesto Araújo: farra do caminhão de lixo pode custar reeleição de Bolsonaro

De acordo com o ex-chanceler, 'a aliança de Bolsonaro com a velha política pode arrastá-lo para a derrota eleitoral'

www.brasil247.com - Ernesto Araújo
Ernesto Araújo (Foto: REUTERS/Adriano Machado)


247 - O ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo disse que o escândalo da compra de caminhões de lixo a preços superfaturados é parte da "velha política" e pode prejudicar a tentativa de reeleição de Jair Bolsonaro (PL). O orçamento destinado a prefeituras para compras de caminhões de lixo com dinheiro do governo federal aumentou 833% entre 2019 e 2022.

"Se o presidente Bolsonaro sacrificou o projeto original em nome da reeleição, aliando-se à velha política, agora essa aliança pode arrastá-lo para a derrota eleitoral, pois escândalos como esse dos caminhões de lixo vão afastar ainda mais eleitores", disse o ex-chanceler em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, publicada nesta quarta-feira (25).  

"Pessoalmente, espero que o presidente enxergue que o caminho para a reeleição passa por repudiar o Centrão e reassumir seu compromisso original de mudar o Brasil", acrescentou o ex-ministro. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com o ex-chanceler, "em 2018, ao elegerem Jair Bolsonaro, os brasileiros disseram que não aceitavam mais Ciros Nogueiras comandando a política, distribuindo cargos e direcionando o Orçamento". 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Em 2022 vemos justamente Ciro Nogueira e seus amigos comandando a política, distribuindo cargos e direcionando o Orçamento, da maneira que sempre fizeram, como a investigação do Estadão está mostrando", complementou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email