"Eu temo pela vida dele", diz advogado de Adélio Bispo

"No atual cenário, o Adélio corre sérios riscos, o Brasil hoje é pequeno para o Brasil. Se ele for colocado em liberdade hoje, eu temo pela vida dele porque os ânimos estão muito acirrados", afirmou o advogado

Juiz autoriza transferência de Adélio Bispo para tratamento psicológico.
Juiz autoriza transferência de Adélio Bispo para tratamento psicológico. (Foto: RICARDO MORAES/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Zanone Manuel de Oliveira Júnior, advogado de Adélio Bispo de Oliveira, autor da suposta facada contra Jair Bolsonaro, disse ter certeza que o seu cliente “não dura nada” se conseguir liberdade.

“Acho que ele corre risco de vida se sair sim, corre muito. Nesse cenário político agora então de guerra política, não dura nada aqui fora. Tenho certeza. No atual cenário, o Adélio corre sérios riscos, o Brasil hoje é pequeno para o Brasil. Se ele for colocado em liberdade hoje, eu temo pela vida dele porque os ânimos estão muito acirrados, o que a gente vê nos jornais, o que a gente vê na política, ele não dura na rua”, afirmou o advogado ao jornal O Tempo.

Adélio voltou ao noticiário após comentário feito pelo próprio Bolsonaro ao ser internado para desobstrução intestinal. Adélio cumpre medida de segurança de internação na Penitenciária Federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul por “sua alta periculosidade, bem como a existência naquele estabelecimento de unidade básica de saúde e atendimento psiquiátrico adequados ao tratamento que lhe fora imposto”, de acordo com decisão judicial.

PUBLICIDADE

TV 247 lança documentário "facada ou fakeada"

O jornalista Joaquim de Carvalho está lançando um novo projeto na TV 247 para investigar o caso da facada, ou suposta facada, em Jair Bolsonaro. O caso tem muitas perguntas sem resposta. Clique neste link para apoiar, confira o vídeo e também a descrição do projeto:

PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:


PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email