Ex-juiz condenado pelo STF, Moro se esquiva sobre o caso Lula: 'não tive interesse pessoal, nem acompanhei o julgamento'

Condenado pelo STF por parcialidade contra o ex-presidente Lula e, segundo o jornal Le Monde, tendo atuado a favor dos interesses dos EUA, Sérgio Moro preferiu se esquivar de comentários sobre a decisão da Corte que anulou as condenações do petista. "Eu não tive interesse pessoal nesse caso", disse

www.brasil247.com - Sérgio Moro, condenado pelo STF, e o ex-presidente Lula
Sérgio Moro, condenado pelo STF, e o ex-presidente Lula (Foto: Divulgação)


247 - O ex-juiz Sérgio Moro, condenado pelo Supremo Tribunal Federal por parcialidade, por ter perseguido o ex-presidente Lula e atuado a favor de interesses dos Estados Unidos, segundo apontou reportagem do Le Monde, evitou comentar sobre a decisão da Corte, que, nessa quinta-feira (15), anulou as condenações do petista.  

"Eu particularmente tenho a consciência tranquila do trabalho que foi realizado", disse. "Eu não tive interesse pessoal nesse caso, nem estava acompanhando o julgamento", acrescentou ele, que, durante o julgamento no STF, estava participando de uma live com o grupo Alma Premium, formado por vários empresários do País.

O ex-juiz condenou Lula sem provas no processo do tríplex em Guarujá (SP) e emitiu a ordem de prisão sem o esgotamento de todos os recursos judiciais. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Moro também recebeu o convite da equipe de Jair Bolsonaro ainda na campanha eleitoral e liberou a delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci a menos de uma semana do primeiro turno da eleição, para prejudicar a candidatura de Fernando Haddad (PT). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email