FHC e Ciro propõem frente que boicotaram em 2018, lembra Bernardo Mello Franco

Colunista do Globo apontou a incoerência de Fernando Henrique Cardoso e Ciro Gomes, que agora defendem "juntar forças" para montar uma frente ampla contra o bolsonarismo. "Os três foram convidados a fazer a mesma frente ampla em 2018, e só Marina aceitou", afirmou

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Bernardo Mello Franco apontou a incoerência do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e do ex-ministro Ciro Gomes, que defenderam que é preciso "juntar forças" para montar uma frente ampla contra o bolsonarismo.

A defesa foi feita durante debate com a jornalista Miriam Leitão, na Globonews, do qual também participou a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva. Mello Franco lembrou que os três foram convidados a fazer a mesma frente ampla em 2018, e só Marina aceitou.

"Antes do segundo turno da eleição presidencial, a campanha de Fernando Haddad tentou convencer o trio a apoiá-lo em nome do combate ao autoritarismo. Ciro viajou para a Europa, e FH se limitou a dizer que não votaria em Bolsonaro. Só Marina declarou voto crítico no adversário do capitão", destaca Bernardo Mello Franco. 

"Curiosamente, agora é o PT de Haddad e Lula que se distancia da formação de uma frente ampla", acrescenta o colunista do Globo

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email