Governo Bolsonaro concede visto humanitário a refugiados ucranianos e apátridas

A medida se aplica "aos nacionais ucranianos e aos apátridas afetados ou deslocados pela situação de conflito armado na Ucrânia", conforme a portaria assinada nesta quinta-feira, 3

www.brasil247.com -
(Foto: REUTERS)


247 - O governo Jair Bolsonaro concedeu visto temporário que autoriza residência no Brasil para acolher refugiados ucranianos e apátridas, em uma ação humanitária. A medida se aplica "aos nacionais ucranianos e aos apátridas afetados ou deslocados pela situação de conflito armado na Ucrânia", conforme a portaria assinada nesta quinta-feira, 3. 

"Esta Portaria dispõe sobre a concessão de visto temporário e de autorização de residência para fins de acolhida humanitária aos nacionais ucranianos e aos apátridas afetados ou deslocados pela situação de conflito armado na Ucrânia", diz o texto, assinado pelos ministros das Relações Exteriores, Carlos França, e da Justiça, Anderson Torres, e publicado em edição extra do Diário Oficial da União.

"O disposto nesta Portaria vigorará até 31 de agosto de 2022 e não afasta a possibilidade de outras medidas que possam ser adotadas pelo Estado brasileiro para a proteção dos nacionais ucranianos e apátridas residentes na Ucrânia", acrescenta. (Com informações do UOL). 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email