Haddad: Moro age para intimidar jornalista. Prática é comum em ditaduras

Fernando Haddad (PT-SP) denunciou mais uma das arbitrariedades do ministro da Justiça, Sérgio Moro; dessa vez, a Polícia Federal pediu ao Coaf um relatório das movimentações financeiras de Glenn Greenwald; "Moro age para intimidar jornalista. Prática é comum em ditaduras", disse Haddad

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ex-candidato a presidente Fernando Haddad (PT-SP) usou sua conta no Twitter para denunciar mais uma das arbitrariedades do ministro da Justiça, Sérgio Moro; dessa vez, a Polícia Federal pediu ao Coaf um relatório das movimentações financeiras do jornalista estadunidense Glenn Greenwald, editor do The Intercept; "Moro age para intimidar jornalista. Prática é comum em ditaduras", disse Haddad. 

Glenn reage: 

Glenn Greenwald reagiu no Twitter à notícia de que a Polícia Federal pediu ao Coaf um relatório de suas movimentações financeiras. " Enquanto você usa táticas tirânicas, eu continuarei reportando junto com muitos outros jornalistas de muitos outros jornais e revistas", rebateu. (Leia mais aqui)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email