Haddad: quatro anos depois, o nome de quem encomendou os disparos contra Marielle não foi revelado. Fascistas festejam

Os assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes completam 4 anos nesta segunda-feira (14) sem que se saiba quem são os mandantes do crime

www.brasil247.com - Haddad e Marielle
Haddad e Marielle (Foto: Reprodução)


247 - O ex-prefeito Fernando Haddad usou suas redes sociais para lamentar a respeito dos assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, que completam 4 anos nesta segunda-feira (14) sem que se saiba quem são os mandantes do crime.

A força-tarefa que investiga o crime afirma ter encontrado os executores e descoberto a dinâmica da noite de 14 de março de 2018, no bairro do Estácio, na região central do Rio, mas os mandantes continuam ocultos. 

"O assassinato de uma vereadora e ativista dos direitos civis, Marielle Franco, teve um mandante. Quatro anos depois, o nome de quem encomendou os disparos contra seu rosto, da forma mais covarde possível, não foi revelado. Os fascistas festejam. Asqueroso", destacou o petista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na semana passada, o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) e o deputado estadual pelo Rio de Janeiro Rodrigo Amorim (PSL) posaram novamente para uma foto com a placa da ex-vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL) quebrada. No fundo da imagem, também enquadrados, estão um fuzil e um retrato do senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ). 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email